Coordenadoria de Relações Internacionais

Coordenadoria de Relações Internacionais

Oportunidade de bolsas de estudo para projetos conjuntos sobre o vírus Zika financiada pelo Centro de Pesquisas para o Desenvolvimento Internacional (IDRC) em parceria com o Institutos de Pesquisa em Saúde do Canadá (CIHR). Recursos disponíveis: •             O montante total disponível para esta finalidade é de CAD$ 3,000,000 para três bolsas ao longo de três anos nas áreas de patogênese, diagnóstico e vetores •             As candidaturas precisam incluir propostas apresentadas em conjunto e envolvendo tanto pesquisadores canadenses e instituições de pesquisa da América Latina e Caribe. O CIHR financiará os membros canadenses da equipe de investigação e o IDRC irá financiar os membros da equipe de investigação das instituições sediadas na América Latina e Caribe Datas importantes: Prazo final para inscrição: 12/07/2016 Aviso antecipado da decisão: 30/09/2016 Financiamento a partir de: 01/10/2016 Clique aqui para mais informações. Uma descrição completa e os passos para candidatura estão disponíveis no website do ResearchNet.  
Estado de Utah-EUA divulga resultado do processo seletivo para contratação de professores brasileiros   O Estado de Utah, nos Estados Unidos, divulgou nesta segunda-feira (9), o resultado do programa que selecionou professores para atuarem no ensino de Português no estado americano. As finalistas são Aline de Castro Deus Reis, Eletícia Elza Carneiro Podolak, Joicy Meri do Amaral e Priscila Fernanda Furlanetto. Esta é uma ação que resulta do Memorando de Entendimento entre a Secretaria de Educação do Estado de Utah e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado do Paraná (Seti), assinado em 2014. As professoras selecionadas começam a trabalhar na primeira semana de agosto e permanecerão nos EUA pelo período de até três anos, onde atuarão no ensino de Português para crianças de 5 a 12 anos de idade (1º ao 6º ano). A seleção das profissionais foi realizada pela coordenação do programa nos EUA. foram três etapas eliminatórias: análise de documentos, entrevista em inglês (conduzida pela equipe do Programa de Imersão de Língua Portuguesa de Utah) e avaliação de uma experiência didática com alunos do 1º ao 6º ano do Ensino Fundamental, gravada em vídeo pelo candidato. Cada uma das finalistas receberá, nesta semana, uma carta de boas-vindas do Utah State Office of Education detalhando sua designação oficial, a escola e série na qual atuará.
Após 16 meses de intercâmbio nos Estados Unidos, os acadêmicos Layssa Soares, 21, Lisandra de Camargo Campos, 21, Thiago Makoto Otani, 23, estudantes da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Campus Luiz Meneghel, retornaram ao Brasil. O intercâmbio foi realizado por meio do programa Ciência Sem Fronteiras, do Governo Federal, com apoio da Coordenadoria de Relações Internacionais da UENP. Os acadêmicos tiveram de cumprir estágio linguístico antes de cursarem as disciplinas obrigatórias do curso. Layssa, que cursa o 3º ano de Medicina Veterinária, estudou na University of Kentucky, localizada na cidade de Lexington, nos Estados Unidos. Lisandra, que também é estudante do 3º ano de Medicina Veterinária, estudou na Ohio Northern University (ONU), em Ada. Já Tiago, que é estudante de Agronomia, realizou intercâmbio na Kansas State University, localizada em Manhattan, tendo realizado estágio de pesquisa na Purdue University, em West Lafayette. Após retornarem aos estudos na UENP, os acadêmicos partilharam que o intercâmbio foi uma experiência sem igual, além de ter proporcionado ganhos na carreira de cada um. Layssa contou que “esse tempo que passei no exterior foi um ganho na minha carreira, principalmente, porque a cidade de Lexington é a capital mundial do cavalo e a universidade onde estudei é referência na área da medicina equina”. Thiago destacou que o intercâmbio foi uma grande oportunidade para conhecer uma cultura diferente da brasileira. “Pude observar como o país se organiza e se estrutura para tentar trazer ideias positivas para o Brasil”, disse o estudante. Lisandra, que confessou ter tido dificuldade com a língua inglesa nos primeiros meses, nota que há grande diferença em ter aulas de inglês com um professor nativo. Para ela “acabamos sendo forçados a falar a língua, a exercitá-la, senão não há comunicação. A maior dificuldade é a sua fala. A comunicação é ainda mais complicado do que o entendimento da língua”, declarou. As universidades, segundo os acadêmicos, contavam com professores de referência mundial e uma estrutura invejável, com academia, restaurantes, farmácias, quadras de tênis e de futebol americano, pista para corridas de cavalos, centro de recreação e teatro, tudo muito bem organizado e limpo. Os estudantes têm planos e pretendem voltar aos Estados Unidos. “Essa experiência nos fez aprender a lidar com a vida, porque tudo é novo. Você precisa construir uma nova vida, um novo ciclo de amigos, se tornar mais independente e isso é um ganho pessoal e acadêmico. Aprendemos uma nova maneira de estudar, diferente dos brasileiros. Aprendemos a estudar mais em casa e nos tornamos mais responsáveis pelos nossos estudos e nosso conhecimento”, partilhou Layssa. Conforme salienta a coordenadora de Relações Internacionais da UENP, Eliane Segati Rios Registro, participar do programa Ciência Sem Fronteiras, na modalidade graduação sanduíche, dá a oportunidade aos estudantes de conhecerem um diferente mundo acadêmico. “Esperamos que o resultado dessa experiência contribua, de fato, para a vida de nossos estudantes e para o desenvolvimento da UENP nas mais diferentes esferas”, finaliza Eliane. Ciência sem fronteiras O Ciência sem Fronteiras é um programa do Governo Federal que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.
O acadêmico João Otávio Bacchi Gutinieki, 21, estudante do 4º ano de Direito, do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), retornou, no mês de fevereiro, de intercâmbio realizado em Portugal, na Universidade do Porto. Aprovado para o intercâmbio com bolsa Santander, resultado da parceria da UENP com a universidade portuguesa, João viajou para o exterior em agosto de 2015. Durante 6 meses, o acadêmico manteve contato com disciplinas relacionadas ao Direito, à Economia e às Letras, além de apresentar trabalhos científicos em congressos relacionados ao Direito da Concorrência, Direito da Família, e também participar do IJUP - Encontro de Investigação Jovem da Universidade do Porto, que reúne pesquisadores da graduação ao doutorado. “A experiência foi ímpar. Além de ter contato com a cultura portuguesa, que sempre suponhamos ser próxima da nossa, mas na verdade são bem diferente de nós, essa experiência foi academicamente muito importante para a minha carreira. O intercâmbio é uma chance de sairmos fora da caixa. conhecer o mundo e enxergar a realidade com uma visão diferente, perceber que as oportunidades são muito grandes. O intercâmbio me fez pensar profissionalmente e academicamente diferente, sempre olhando lá pra fora e tentando fazer um bom paralelo com a nossa realidade.” contou. João Otávio destaca que sua maior dificuldade com o intercâmbio foi a adaptação acadêmica. Para ele “ é difícil adaptarmos a hábitos e culturas diferentes, mesmo que a língua falada, em partes, seja a mesma. Os portugueses possuem um jeito menos imediatista que os brasileiros, eles não têm pressa em construir uma carreira acadêmica, sempre buscam maturidade dentro da academia e por isso também sentem liberdade em seu processo produtivo.” declarou. João teve a chance de conhecer várias cidades portuguesas, além de viajar para a Espanha, Itália, Alemanha, França, Bélgia e Holanda, em um período de 22 dias, logo após a finalização das disciplinas obrigatórias da universidade. A coordenadora de Relações Internacionais, professora-doutora Eliane Segati Rios Registro, ressalta que a conquista dessa primeira bolsa Santander para um aluno da UENP é resultado de um trabalho conjunto para que a UENP seja reconhecida no cenário internacional. Professora Eliane exalta o apoio da reitora ao longo de todo o processo, ao defender a internacionalização como um dos pilares essenciais para desenvolvimento da Universidade.
Processo Seletivo 2017 Bolsa De Estudo Mext (PESQUISA, Graduação, Escola Técnica E Curso Profissionalizante) O Consulado Geral do Japão em Curitiba realizará o Processo Seletivo 2017 das Bolsas de Estudo oferecidas pelo Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciências e Tecnologia do Japão (MEXT) para os moradores do Paraná e Santa Catarina que preencham os requisitos necessários para cada modalidade. As inscrições para Pesquisa (Pós-Graduação) serão iniciadas no dia 02 de maio de 2016, para Graduação, Escola Técnica e Curso Profissionalizante as inscrições serão iniciadas no dia 01 de junho de 2016. 1. PESQUISA (Pós-Graduação)2 de maio - início das inscrições31 de maio  - término das inscrições8 de junho - prova escrita4 de julho – entrevista 2. GRADUAÇÃO, CURSO TÉCNICO E PROFISSIONALIZANTE1 de junho - início das inscrições30 de junho - término das inscrições11 de julho - prova escrita (Graduação)12 de julho -  prova escrita (Graduação, Curso Técnico e Profissionalizante)21 de julho – entrevista 3. Forma de InscriçãoEncaminhar para o Consulado Geral do Japão em Curitiba os formulários e a documentação necessária para a inscrição diretamente na recepção do Consulado ou via correio (não será aceita documentação enviada por e-mail). Não é cobrada nenhuma taxa de inscrição. 4. Para inscrições e detalhes sobre a Bolsa de Estudo MEXT, acesse o site: http://www.curitiba.br.embjapan.go.jp/itpr_pt/00_000021.html. 5. Demais informações ou dúvidasConsulado Geral do Japão em Curitiba – Setor CulturalTel:(41)3322-4919E-mail:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
O Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB) lançou um edital de seleção para programa de mobilidade acadêmica na Universidade de Fatih (Istambul – Turquia) com início em setembro de 2016. Alunos de graduação que estejam a partir do terceiro semestre podem se candidatar. As inscrições vão até dia 27 de maio de 2016. Informações referentes ao programa estão disponíveis no Edital de Seleção: http://www.grupocoimbra.org.br/Documentacao/Edital_Fatih_2016.pdf Link da Universidade
A ALIANÇA INTERNACIONAL ARGENTINA y CHILENA em língua espanhola tem o prazer de anunciar o Programa de Bolsas para 2016   Combinando cursos de espanhol e imersão cultural, os participantes do programa terão a oportunidade de incrementar o currículo, aprender um novo idioma e conhecer as belas paisagens sulinas. Scholarships for spanish courses in Argentina and Chile. Three weeks spanish 60 hours course and activities plus accommodation. Os selecionados recebem um curso de espanhol de três semanas, com 60 horas aula e alojamento incluso por apenas U$S 590 na cidade de Cordoba, e U$S 650 no Santiago de Chile. Programa de Bolsas de Inverno: 26/JUNHO/2016 a 16/JULHO/2016          OU        17/JULHO/2016 a 06/AGOSTO/2016.  Para efetuar a inscrição, os interessados devem escrever para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. Mais informações em: www.scholarshipsincordoba.com Gabriela Cerutti Able Spanish Chile +56 9 95667040 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. www.ablespanish.cl www.facebook.com/ablespanishchile/ 
Quinta, 07 Abril 2016 11:04

Curso inédito de EMI no Brasil

Curso inédito de EMI no Brasil O English as a Medium of Instruction (EMI), ou Inglês como Meio de Instrução, é o uso da língua inglesa para lecionar disciplinas de todas as áreas do conhecimento, em países com outra língua oficial, como o Brasil. É uma ferramenta fundamental para a internacionalização de instituições de ensino superior.Com o objetivo de difundir o EMI no Brasil, o British Council realiza um curso inédito, voltado a professores universitários, coordenadores de curso, secretários, pró-reitores, profissionais de internacionalização de ensino e pesquisadores em geral.
Informamos oportunidade de projeto conjunto de pesquisa e parceria universitária pela CAPES -  Programa Geral de Cooperação Internacional - PGCI -  em todas as áreas de conhecimento, nas modalidades:  1) Projetos de parcerias universitárias; 2) Projetos conjunto de pesquisa; e 3) Candidaturas Individuais. O Programa tem por objetivo selecionar projetos conjuntos de pesquisa e parcerias universitárias em todas as áreas do conhecimento, além de fomentar o intercâmbio entre Instituições de Ensino Superior e institutos ou centros de pesquisa e desenvolvimento brasileiros e estrangeiros. O programa também objetiva selecionar candidaturas individuais, para casos de candidatos academicamente excepcionais que não possam ser contemplados por editais específicos da CAPES para bolsas no exterior.     Para saber mais sobre o Programa Geral de Cooperação Internacional - PGCI,   acesse: Informações
Quinta, 07 Abril 2016 10:56

Intercâmbio na Universidade do Algarve

INTERCÂMBIO NA UNIVERSIDADE DO ALGARVE   INTERCÂMBIO NA UNIVERSIDADE DO ALGARVE Estão abertas as candidaturas para o período de intercâmbio que se inicia em setembro de 2016, do ano letivo 2016/2017 (primeiro semestre) para a mobilidade de estudantes ao abrigo dos Protocolos Gerais de Cooperação. Todas as instruções conducentes à formalização da candidatura se encontram disponíveis em https://www.ualg.pt/home/pt/content/incoming. As inscrições encontram-se abertas até ao próximo dia 31 de maio de 2016, devendo para tal, os estudantes ser inicialmente selecionados na sua Instituição de origem, para depois efetuarem a candidatura online no nosso formulário eletrónico, que se encontra disponível em https://www.ualg.pt/home/pt/content/formulario-incricao No formulário eletrónico os campos são maioritariamente de preenchimento obrigatório e é aconselhável a escolha de unidades curriculares/disciplinas que totalizem 30 ECTS/semestre. Devem ainda ser submetidos em formato pdf os seguintes documentos: Cópia digitalizada do passaporte Registo Académico/Histórico Escolar; Curriculum Vitae; Autorização de Candidatura/Home institution authorization form  assinado pelo estudante e pelo responsável/coordenador de mobilidade da instituição de origem (este documento deve ser também carimbado); Contrato de Estudos/Learning Agreement  este documento deverá obrigatoriamente preenchido a computador, assinado pelo estudante e pelo responsável/coordenador de mobilidade da instituição de origem e carimbado. Abaixo segue a oferta dos  cursos, separados por Campus e Unidade Orgânica e que também estão disponibilizados online em https://www.ualg.pt/pt/cursos/licenciatura. CAMPUS DE GAMBELAS - Departamento de Ciências Biomédicas e Medicina:Ciências Biomédicas. - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais:  Artes Visuais, Línguas e Comunicação, Línguas, Literaturas e Culturas, Psicologia, Ciências da Educação e da Formação, Património Cultural e Arqueologia. - Faculdade de Ciências e Tecnologia: Agronomia, Arquitetura Paisagista, Biotecnologia, Engenharia Informática, Biologia, Biologia Marinha, Bioquímica, Ciências do Mar, Ciências Farmacêuticas. - Faculdade de Economia: Economia, Gestão de Empresas Sociologia. CAMPUS DA PENHA - Escola Superior de Educação e Comunicação:  Ciências da Comunicação, Desporto, Educação Básica, Educação Social, Design de Comunicação e Imagem Animada. - Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo: Turismo, Gestão Hoteleira, Gestão e Marketing. - Instituto Superior de Engenharia:Tecnologia e Segurança Alimentar, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Eletrónica e Tecnologias de Informação e Comunicação CAMPUS DA SAÚDE - Escola Superior de Saúde de Faro: Análises Clínicas e Saúde Pública,Farmácia, Enfermagem, Terapia da Fala, Dietética e Nutrição, Radiologia e Ortoprotesia. A Universidade do Algarve terá todo o prazer em receber os vossos alunos num intercâmbio não só académico mas também cultural.
Página 7 de 13