Terça, 25 Junho 2019 15:17

Coordenadora de Relações Internacionais da UENP comparece aula inaugural do curso sobre Inglês como Meio de Instrução

Escrito por
Docentes das universidades estaduais e da Universidade Federal do Paraná (UFPR) se reuniram no Prédio Histórico da UFPR, na última quarta-feira (5), para a aula inaugural do curso “Metodologia de Educação Superior: Inglês como Meio de Instrução”. A ação é fruto de um termo de cooperação firmado entre as universidades em novembro de 2018. A parceria tem o objetivo de capacitar professores de diversas regiões do estado para ministrar disciplinas em inglês. A primeira aula foi conduzida pelo diretor do Centro de Assessoria de Publicação Acadêmica (Capa), Ron Martinez. “Essa ação é importante para fazer o que se chama de internacionalização em casa. Nem todo aluno tem a oportunidade de viajar para fora. Ofertando disciplinas em inglês, podemos atrair docentes e alunos de outras instituições para lecionar e aprender aqui”, destaca Martinez. Na palestra, o vice-reitor da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Fabiano Gonçalves Costa, representou os reitores das universidades estaduais participantes do convênio. “Juntos, atingimos um público de aproximadamente 95 mil estudantes. O processo de internacionalização perpassa por diversos segmentos das nossas universidades. Certamente, a formação linguística é uma das grandes barreiras que a gente encontra”, afirmou. Segundo a coordenadora Estadual do Programa Paraná fala Idiomas, Eliane Segati Rios Registro, além da parceria com a UFPR, o Programa também está desenvolvendo ações em conjunto com a Cambridge University, via projeto apoiado pelo Conselho Britânico e Fundação Araucária. “O objetivo de tais parcerias com os experts do EMI é o de traçar diretrizes para o seu ensino pelo Programa, qualificar a equipe de professores de língua inglesa, além de multiplicar essa ação na rede de Universidades Estaduais para que o nosso Estado seja referência na atração de pesquisadores e alunos internacionais. Por fim, propiciar a internacionalização em casa, do currículo, contribuindo para o fortalecimento da inovação e qualificação da pesquisa”, ressalta Eliane. O coordenador de Relações Internacionais da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Luís Paulo Mascarenhas destacou a importância da internacionalização para as universidades. “Nossas instituições possuem excelentes avaliações em rankings nacionais e internacionais. Quanto mais docentes e alunos foram fluentes em uma segunda língua mais teremos nossas pesquisas sendo divulgadas em diferentes países”. A turma, composta por cerca de 70 docentes, participará de encontros semanais on-line até o final de julho. Participam do curso, três professores da UENP. Seis outros docentes da Universidade de diferentes áreas do conhecimento já participaram de outras iniciativas do EMI a partir da parceria com a CRI e Programa Paraná fala idiomas/inglês. De acordo com Ron, a proposta atual surgiu a partir de um curso presencial da UFPR, de 40 horas, que já capacitou cerca de 200 professores da universidade. Docentes das Universidades Estaduais de Londrina (UEL), de Maringá (UEM), de Ponta Grossa (UEPG), do Oeste do Paraná (Unioeste), do Centro-Oeste (Unicentro), do Norte do Paraná (UENP) e da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) também participam do projeto. A ação conta com o apoio da Pró-reitoria de graduação da UFPR, por meio da Coordenação de Políticas de Integração de Educação a Distância (Cipead), e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), por meio da Coordenação de Programas de Pós-Graduação. Também participaram da solenidade o pró-reitor de Graduação, Eduardo Salles de Oliveira Barra, representando o reitor da UFPR, Ricardo Marcelo Fonseco, a coordenadora de Integração de Políticas de Educação a Distância da UFPR, Maria Josele Bucco Coelho.
Lido 117 vezes