Missão internacional, realizada por meio da ABRUEM, amplia relações entre a UENP e instituições da África do Sul

Escrito por  Coordenadoria de Relações Internacionais Quinta, 31 Agosto 2023 13:35

A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), representada pelo reitor Fábio Antonio Néia Martini e pelo assessor jurídico, Fernando de Brito Alves, participa, até 2 de setembro, de missão internacional na África do Sul. A visita ocorre por meio da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (ABRUEM) e a convite da Embaixada da África do Sul no Brasil. A comitiva da associação é composta por representantes de universidades de todo o Brasil e visitará instituições nas cidades de Durban, Cidade do Cabo, Porto Elizabeth e Joanesburgo.

Ao todo, os 39 participantes da missão, que representam o total de 21 instituições de ensino brasileiras, visitarão 11 universidades na África do Sul. O reitor comemora a oportunidade. “A UENP estar entre as instituições que integram essa comitiva é uma grande honra e uma grande responsabilidade. O convite da embaixada representa muito para nós, pois é uma oportunidade de nos colocarmos à disposição dessas universidades e expandirmos ainda mais a atuação da UENP”, ressalta.

Fábio conta que, no primeiro dia de atividades, a UENP visitou a Universidade de Kwazulu-Natal (UKZN), instituição que tem 46 mil estudantes em cinco campus e diversos estudantes estrangeiros. “É uma grande universidade, com foco em pesquisa e que conta com pesquisadores muito influentes em diversas áreas”, relata. Entre os pesquisadores de destaque que fazem parte da UKZN, está o brasileiro Túlio de Paiva Nazareth Andrade de Oliveira, que descobriu a variante ômicron da Covid e é um dos pesquisadores mais influentes do mundo segundo a revista Nature.

Para o reitor da UENP, a missão internacional amplia relações entre a UENP e a África do Sul. “Este primeiro contato com as universidades sul-africanas poderão abrir caminhos para novas parcerias, como mobilidade e acordos de cooperação técnica. Por aqui, estamos nos colocando à disposição e buscando estabelecer contatos”, ressalta.

A SU, que recebeu a visita do reitor no dia 24, tem 10 faculdades dentre as quais estão a de Ciências Agrárias, Ciências Econômicas e Administração, Ciências Médicas e da Saúde, Ciências Sociais e Artes. A Instituição conta com mais de 30 mil alunos distribuídos em cinco campi, dentre eles, 10% são estudantes internacionais de 60 países diferentes, inclusive do Brasil.

Quanto à UWC, Fábio comenta que é uma universidade dinâmica. “É uma instituição dinâmica, comprometida com a excelência na aprendizagem, ensino, investigação e inovação num ambiente globalmente competitivo, mantendo-se fiel aos valores e ao espírito que moldaram a sua identidade como uma universidade enraizada no serviço do bem público”, acrescenta. Já a Universidade da Cidade do Cabo (UCT) é a mais antiga universidade sul-africana, classificada como a melhor do país.

Lido 138 vezes Última modificação em Quarta, 21 Fevereiro 2024 13:38