Índice de Artigos

 

Programa de Bolsas de Pós-Graduação em Pecuária e Agricultura Tropicais

Brasil-México – PROPAT-BRASIL-MÉXICO

 

  O Governo do México, por intermédio de sua representação diplomática em Brasília, Brasil, e o Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB), com o apoio da Divisão de Temas Educacionais do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, decidiram proporcionar a qualificação profissional de estudantes mexicanos, oriundos de minifúndios ou terras comunais, por meio do Programa de Bolsas de Pós-Graduação em Pecuária e Agricultura Tropicais Brasil-México (PROPAT-BRASIL-MÉXICO).

Acerca das iniciativas do Governo do México e do GCUB O GCUB é uma associação de dirigentes de universidades brasileiras (federais, estaduais, comunitárias e confessionais) de língua portuguesa, constituída em 2008, cuja missão é promover a integração interinstitucional e internacional, por meio de programas de mobilidade docente e estudantil, contribuindo com o processo soberano de internacionalização da rede universitária nacional com suas contrapartes estrangeiras.

  Por sua parte, o Governo do México, representado pela Embaixada do México no Brasil, com o espírito que priva o Convênio de Amizade e Cooperação subscrito com a República Federativa do Brasil no dia 18 de janeiro de 1978, reconhece a grande importância em estabelecer e desenvolver uma estreita colaboração em matérias pecuárias e agricultura tropical entre os dois países.

  O Programa consiste em receber estudantes mexicanos, oriundos de minifúndios ou terras comunais, para a realização de cursos de mestrados acadêmicos ou profissionalizantes nas áreas de Pecuária e Agricultura Tropicais, Zootecnia de Trópico e Silvicultura Tropical.

  Com o objetivo de contribuir para a qualificação de profissionais das áreas supracitadas, o Governo do México ofertará aos estudantes mexicanos selecionados até 100 bolsas de estudo integrais, com duração de 24 meses; 50 para o segundo semestre de 2015 e 50 para o primeiro semestre de 2016.

  Os estudantes são oriundos de Universidades públicas e de Institutos Tecnológicos agropecuários dos estados mexicanos de: Veracruz, Tabasco, Campeche, Quintana Roo, Yucatán, Chiapas, Oaxaca e Guerrero.

Atualmente, 34 universidades brasileiras integram o PROPAT-Brasil-México, as quais ofertaram nas duas primeiras edições do Programa 307 vagas em 104 cursos de mestrado.

  A UENP integra a Terceira Edição do Programa e disponibiliza 2 vagas no programa de mestrado em Agronomia – área contemplada pelo PROPAT-BRASIL-MÉXICO

Mais informações: http://www.grupocoimbra.org.br/coimbra/